terça-feira, julho 23, 2024
GovernoNotícias

Dívida do Governo do Estado ultrapassa a casa dos R$ 3 milhões em Gurinhatã

Última atualização em 24 de janeiro de 2019

GURINHATÃ – Como iniciar as aulas sem dinheiro para transporte escolar, pagamento de professores e outas despesas? Essa é a pergunta feita pelos prefeitos mineiros, como no caso de Gurinhatã que já tem R$ 3.023.313,89 (três milhões, vinte e três mil, trezentos e treze reais e oitenta e nove centavos) para receber do Governo de Minas, confiscados desde o ano passado.

As incertezas do final do ano continuam neste janeiro negro para as prefeituras, onde de acordo com o levantamento feito pela Associação Mineira de Municípios no último dia 17, a dívida do Governo do Estado com Gurinhatã chegou ao patamar de R$ 3.023.313,89 para receber do Governo do Estado, em atraso, que tem provocado enormes transtornos para a gestão da Prefeitura.

O relatório mostra os valores da dívida: ICMS 2018 – R$738.460,43; FUNDEB 2017 – R$40.787,58; SAÚDE – R$1.344.771,12; ICMS 2017 – R$172.489,67; PISO MINEIRO ASSISTÊNCIA SOCIAL – R$55.862,40; TRANSPORTE ESCOLAR – R$76.453,88; e FUNDEB 2018 – R$594.488,81.