domingo, julho 14, 2024
GovernoNotícias

Reunião da Amvap fez panorama do Covid-19 na região

Última atualização em 16 de abril de 2021

AMVAP – O prefeito de Gurinhatã e presidente da AMVAP, Wender Luciano, coordenou na última semana mais uma importante reunião virtual, cujo tema principal foi a Covid-19.
 
As cidades que integram a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba – Amvap vem unindo forças por meio do associativismo para lutar contra o avanço dos casos de coronavírus na região. A maioria dos municípios empreendeu ações de reabertura do comércio nesta segunda semana de abril. O alinhamento das ações foi ponderado em reunião online da Amvap realizada no dia 09/04.
 
Dentre as medidas mais comuns seguidas pelos gestores estavam a adoção de horários especiais de reabertura para cada seguimento do comércio. Exemplos como o de Uberlândia, descrevem bem o que a região vem seguindo como medida de reabertura gradativa. Na cidade restaurantes passaram a abrir no horário do almoço, academias abrem com horário especial das 6h às 10h e das 15h às 19h, a venda de bebidas alcoólicas voltou a ser autorizada (até as 18h) e o toque de recolher às 20h permanece, além de uma série de outros detalhamentos.
 
O prefeito, Odelmo Leão, pediu continuidade das ações preventivas na região na busca de diminuir a necessidade de pacientes por leitos de UTI. De acordo com o prefeito Uberlândia, a cidade chegou a ocupar 273 leitos entre rede pública e privada. “Nos próximos 15 dias iremos analisar a permanência nessa reabertura. Afinal se voltarmos a ver um cenário crítico, tomaremos novas medidas. O que não vamos admitir é paciente morrendo dentro de ambulância como já vimos pessoas morrendo desassistidas em outras regiões”, disse o prefeito de Uberlândia.
 
Cenários similares se repetem na região. Em Ituiutaba, a prefeita, Leandra Guedes, destacou ações de conscientização que contribuíram para frear a curva crescente de contaminação. “Chamamos as entidades de classe para o diálogo. A conscientização com associação comercial e o empresariado local contribuiu muito. Com isso foi possível lutar com mais força e apoiar a região recebendo aqueles pacientes de cidades menores que necessitaram enviar pacientes para UTI”, disse a prefeita na reunião online.
 
Além de Uberlândia e Ituiutaba os municípios de Araguari e Monte Carmelo tem sido referência no recebimento de pacientes com necessidade de UTI. O prefeito de Monte Carmelo, Paulo Rocha, destacou que o município iniciou o ano com a disponibilidade de oito leitos de UTI e hoje conta com 20 leitos, dos quais 13 estão em atendimento a pacientes de outros municípios.
 
Parceria CAIXA com os municípios
 
A reunião da Amvap contou também com apresentação da Superintendência Regional da Caixa. Foram detalhadas informações de linhas de crédito e assessoria aos municípios, além da apresentação do quantitativo de pagamento do banco ao auxílio emergencial do Governo Federal na região.
 
A superintendência anunciou a criação de um recurso para os municípios similar ao sistema de pagamento e recebimento criado pelo Banco Central, o PIX. O recurso irá permitir aos municípios o recebimento automático de tributos como o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana – IPTU.
 
Na oportunidade foi apresentada a nova Superintendente da Caixa para o Triângulo Mineiro, Thays Cintra Vieira, e divulgados diversos programas disponíveis aos municípios, como o FINISA, Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público.
 
Com a linha de financiamento é possível que o ente público pleiteie recursos para apoiar financeiramente diversas ações orçamentárias em curso, como investimentos em infraestrutura, mobilidade, equipamentos, iluminação, construção de escolas, creches, hospitais, entre outros.
 
Fonte: AMVAP