NotíciasSaúde

Diabetes: Tratamento multiprofissional dá suporte ao paciente e familiares

Última atualização em 12 de novembro de 2021

O Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro, foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) junto à Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar o mundo sobre o reflexo do diabetes na saúde e mortalidade da população.
Em Gurinhatã o tratamento é multiprofissional, ou seja, inclui uma equipe composta de enfermeira, médico, psicóloga, nutricionista, assistente social, fisioterapeuta e educador físico. Esta equipe dá suporte ao paciente e seus familiares, pois é necessário um acompanhamento com os pacientes e orientações para a família. “Na Unidade Básica de Saúde (UBS) realizamos acompanhamento com avaliação médica programada e renovação de receitas”, informou a enfermeira do PSF urbano, Silvânia Ribeiro.
No município atualmente estão cadastrados aproximadamente 140 pacientes. Esses pacientes pegam, gratuitamente, a insulina e os insumos necessários para o tratamento. “Nossa farmacinha fornece o glicosimetro, tiras para a aferição da glicemia, lancetas e seringas”, disse a farmacêutica Katiuscia Rodrigues Costa.
Além do fornecimento dos medicamentos, a equipe da farmácia da UBS orienta os pacientes quanto ao modo correto de uso.
Nos Postos de Saúde da Família (PSFs) são feitas reuniões com pacientes para dar orientações e os cuidados com a doença. “Durante a pandemia paramos de realizar reuniões que eram feitas mensalmente com a equipe multiprofissional. Porém durante a pandemia as orientações foram realizadas individualmente e já estamos programando para o retorno dessa atividade”, explicou.
As orientações e os acompanhamentos se estendem através de visitas domiciliares pela equipe ESF à pacientes diabéticos domiciliados, os acamados e semi acamados.
No aspecto da prevenção ao diabetes, é feita a orientação nas UBS e PSFs e caso necessitem de atendimento é feito uma triagem e acolhimento. “Os pacientes são acompanhados desde a suspeita da diabetes. São realizados a verificação da pressão arterial, o teste de glicemia capilar e antropometria”.
Vale lembrar que que a alimentação de toda a população, com ou sem diabetes, deve ser baseada em alimentos in natura (frutas, verduras, legumes e carnes) e produtos minimamente processados (arroz, feijão), limitando o consumo de alimentos processados.