GovernoNotíciasSaúde

Prefeito cobra ação com mais agilidade por parte do Estado no combate à Covid-19

Última atualização em 18 de fevereiro de 2021

GURINHATÃ – Depois de audiência com o Governador Romeu Zema em Belo Horizonte, e ter sido confirmado com Covid-19 ainda no domingo, o prefeito de Gurinhatã e presidente da Associação da Microrregião do Vale do Paranaíba, Wender Luciano, começou a segunda-feira, já assinando o novo Decreto para o Município de Gurinhatã.

Vendo o colapso no sistema público de saúde e o crescimento do número de casos de COVID-19 na região, o prefeito disse nas redes sociais nesta quinta-feira, 18/02, que já se sente melhor, porém, pediu a todos para continuarem com todo o cuidado, pois não é uma doença simples. Mesmo em isolamento, o prefeito por telefone manteve contatos com autoridades regionais, inclusive da esfera governamental, onde cobrou ações mais efetivas e rápidas para salvar vidas na região.

Neste dia 18/02, o município teve a confirmação de 02 casos positivos, chegando a um total de 103, com 85 já recuperados e 15 casos ativos. Já foram registradas 3 mortes.

Diante do novo cenário o prefeito Wender Luciano assinou na manhã desta segunda-feira, 15/02, Decreto 066/2021 que aumenta as restrições, tanto no comércio quanto na realização de festas e aglomerações em público, e ainda restringe na parte da manhã o atendimento ao público na Prefeitura Municipal, que terá expediente reduzido das 12h30 às 16h30, e na parte da manhã apenas serviço interno.

No Decreto ficou definido ainda que os estabelecimentos comerciais, incluindo bares e lanchonetes poderão ficar aberto somente até as 18 horas, sendo fixado o período de validade do Decreto entre este dia 15 até o dia 21/02, quando será feita nova avaliação do cenário.

O Decreto completo está publicado no site www.gurinhata.mg.gov.br.