quinta-feira, julho 25, 2024
NotíciasObras

Recuperação de Estradas Rurais em Gurinhatã

Última atualização em 18 de julho de 2017

GURINHATÃ – Desde o início do ano, a Prefeitura de Gurinhatã, por intermédio do Departamento de Estradas vem fazendo a maior recuperação de estradas vicinais dos últimos anos, melhorando a condição de trafegabilidade e de segurança para os usuários.

O prefeito de Gurinhatã, Wender Luciano destaca a parceria junto a alguns produtores rurais, que tem feito a doação de óleo diesel e até mesmo material a ser utilizado no serviço. “É um momento de crise financeira, e essa parceria tem sido de suma importância para a realização dos serviços.

Além de recuperar as estradas, com levantamento e alguns trechos e melhoria na forma de escoamento da água das chuvas, várias pontes foram reconstruídas, sendo reforçadas por conta do aumento do peso dos caminhões e carretas que por elas passam, além de troca de mata-burros e instalação de bueiros. “Foram várias pontes construídas ou reformadas, sendo uma delas a do São Jerônimo Grande, cuja passagem pela região ficou interrompida por alguns dias, contudo, normalizada na última semana com o fim da obra”, comentou o prefeito, que tem acompanhado de perto esse trabalho ao lado do vice-prefeito Sidinei Pombo e do diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Francisco Cardoso (Peninha).

Com aproximadamente 4 mil Km de estradas rurais, a Prefeitura já melhorou a condição de trafegabilidade em boa parte delas, e existe um cronograma desenvolvido pelo setor responsável para que todo o município seja beneficiado com esse serviço. “Não dá pra fazer milagre, e estamos no sétimo mês desse nosso mandato, e já fizemos muito mais que alguns poderiam imaginar. Temos trabalhado com seriedade e muita responsabilidade, e vamos fazer muito mais por nossa cidade e zona rural nos próximos 42 meses que ainda faltam pelo fim desse nosso mandato”, avaliou o prefeito Wender.

Além de construir uma nova ponte no São Jerônimo Grande, foi construído bueiro e levantamento da estrada em local crítico, além de levantar o nível da estrada na Ponte do Córrego do Machado, onde os usuários reclamavam do desnível no local.