domingo, julho 14, 2024
NotíciasSaúde

Equipe de Endemias participa de capacitação em Ovitrampas

Última atualização em 23 de abril de 2018

GURINHATÃ – A equipe de Endemias do Departamento Municipal de Saúde participou na última semana de uma capacitação sobre a utilização da Ovitrampa.

Segundo o coordenador do Centro de Controle de Endemias, Vilson Donizete, a capacitação ocorreu na Unidade de Saúde em Gurinhatã, tendo a presença de responsável da aérea de endemias regional, além da Gerência Regional de Saúde.

O nome pode ser estranho, mas a Ovitrampa é mais sensível e específica para monitorar Aedes aegypti. Trata-se de uma armadilha, que segundo os especialistas, é um modelo que captura os ovos postos pelos insetos, chamado de Ovitrampa, que em especial, é o método mais sensível e específico para monitorar a população de Aedes aegypti, além de ser o mais barato e o único que não é protegido por patente.

A capacitação também teve a presença da coordenadora em Vigilância em Saúde, Daniela Oliveira.